From ice to fire – do gelo ao fogo

O animal em questão é  o tardígrado. Ser vivo mais resistente da terra, encontrados em todo o planeta, desde o fundo dos oceanos ao alto do  Himalaia. Vive entre os musgos e líquens. Suportam temperaturas próximas do zero absoluto e temperaturas altíssimas de quase 200 ºC (392 ºF). Ele não possui sistema circulatório e respiratório. Suas trocas gasosas são realizadas de forma aleatória de qualquer parte do corpo. Podem viver até os 120 anos, que é um recorde absoluto para um animal tão pequeno. Além de tudo, quando existem condições adversas em que seu organismo  não aguenta, ele simplesmente desliga seu metabolismo, ressecando-se, e o liga de novo quando está em suas condições de sobrevivência, hidratando-se.

Aguentam a pressão de 75.000 atmosferas, e o ser humano aguenta apenas 4 atmosferas sem causar algum dano (if-ufrgs).

Em setembro de 2007, a Agência Espacial Européia enviou tardígrados para o espaço. E eles não só sobreviveram após altas doses de raios cósmicos, radiação ultra-violeta e falta de oxigênio, como também se reproduziram em tal ambiente inóspito

Eles são diferentes de qualquer organismo vivo encontrado na terra e continuam sendo um grande mistério para a ciência.

 

 

Referências:

http://www.if.ufrgs.br/mpef/mef004/20021/Berenice/sangue.html

Researchgate – Roberto Ghidetti

 

Anúncios

3 comentários sobre “From ice to fire – do gelo ao fogo

  1. […] também:       Do gelo ao fogo – Tartígrado       Adaptações dos mamíferos […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s